PortugueseEnglishFrench

Monitorização e Rastreio de Embarcações de Pequeno Porte

Monitorização e Rastreio de Embarcações de pequeno porte

Rastrear embarcações, de pesca ou outros segmentos, é fundamental. Saber a localização e outras informações pode garantir proteção e segurança na navegação. Se deseja conhecer mais sobre o assunto, leia o artigo a seguir!

Realizar o rastreio de embarcações de pequeno porte é tão essencial quanto as de médio ou grande porte. Apesar de essencial, a forma com que pode ser efetuado ainda é motivo de muitas dúvidas entre gestores.

Em determinadas localidades, é obrigatório que a embarcação, mesmo as de pequeno porte, possua um dispositivo de localização. Para a indústria de pesca ou em outros segmentos, o rastreio e monitoramento da embarcação é uma operação necessária.

Esta necessidade se deve ao fato de que, quando rastreada, a embarcação usufrui de melhor segurança e proteção. Embarcar sem um sistema de rastreio possibilita riscos e ameaças, comprometendo a segurança e integridade das pessoas envolvidas na embarcação e dos produtos.

Por isso, atualmente, existem diversas possibilidades para monitorar e rastrear embarcações. Podem ser aplicadas à pesca ou a outros setores. Se, porventura, você deseja conhecer as possíveis formas de monitoramento e descobrir como implantá-las, acompanhe este artigo até o final!

A fim de evitar ser surpreendido por prejuízos e transtornos causados por não obter informações em tempo real da embarcação, plataformas online, radares e dispositivos são excelentes estratégias para obter o rastreio. A seguir, veremos as características e vantagens de utilizar cada uma dessas ferramentas.

Atualmente, existem sites e aplicativos que auxiliam na localização de embarcações de pesca, navios e cargas marítimas em tempo real.

É possível afirmar que tais sites funcionam como um radar, e podem ser uma opção acessível e funcional em determinadas situações.

.

Essas plataformas online de rastreamento funcionam utilizando um AIS. AIS significa Sistema de Identificação Automática. Conforme o nome sugere, consiste em um sistema de identificação de embarcações. Este sistema compõe a inteligência marítima.

Porém, para fazer o uso correto de dados de AIS é necessário implantar na embarcação um transponder, que é um dispositivo emissor-receptor que identifica e responde sinais de radar.

Outra estratégia para obter a localização de embarcações de pequeno porte é utilizar um dispositivo operado por satélite. Dispositivos que têm o seu funcionamento via satélite podem ser excelentes soluções. Medidores assim não dependem de sinais de telefonia para funcionar.

Portanto, é a estratégia de monitoramento indicada para áreas oceânicas longínquas, uma vez que fornece informações da embarcação por meio de sinais de satélite. Outra opção viável é a implantação de radar. Radares de alta-definição podem fornecer imagens com informações precisas sobre a embarcação, a saber, direção, velocidade, entre outras, além da localização.

Diante das estratégias que foram mencionadas acima, é possível perceber que a tecnologia é um valioso recurso aqui, pois ela auxilia o rastreio de embarcações de forma acessível. Além disso, a inclue-se a tecnologia GPS por satelite que é uma ferramenta necessária para todo o tipo de navegação, devido à fácil acessibilidade e ao excelente alcance.

Os benefícios de rastreamento não só se limitam na indicação do local que a embarcação se encontra num determinado momento, mas permite também que se registe a rota da sua jornada desde a partida até ao regresso do ponto em que partiu.

Os benefícios também incluem detectar possíveis ações inapropriadas dos marinheiros quando se desviarem da rota estipulada enquanto regressam aos seus pontos de partida.

A JOHELMA possui dispositvos de rastreamento de embarcações de pequeno porte.